BLOG DO PROFESSOR CLEIDSON


 
 

SOLSTÍCIO E EQUINÓCIO

 

     Como o eixo de rotação da Terra (movimento da Terra em torno dela mesma) possui uma posição fixa que está ligeiramente inclinada em 23,5 º em relação ao eixo de translação da Terra (movimento da Terra em torno do Sol), temos que em determinada época do ano, a luz solar incide com maior intensidade sobre o Hemisfério Norte e, na outra parte do ano, incide com maior intensidade sobre o Hemisfério Sul, caracterizando o chamado solstício. Da mesma forma, ocorre que em determinada época, a luz solar incide de maneira igual sobre os dois Hemisférios, caracterizando o equinócio.



   Figura - Esta figura é meramenrente ilustrativa, portanto não está em escala. (Fonte:http://betow.files.wordpress.com/2007/04/estacoes.jpg.)

  Desta forma, diz-se que é solstício de verão no hemisfério sul quando a luz solar incide com maior intensidade sobre este hemisfério e, ao mesmo tempo, que é solstício de inverno no Hemisfério Norte, por causa da menor incidência de luz solar neste Hemisfério.

     Podemos dizer que o equinócio é um estágio intermediário entre o solstício de verão e o de inverno em determinado Hemisfério. Ou seja, o equinócio ocorre quando a incidência maior de luz solar se dá exatamente sobre a linha do Equador.

     Então, diz-se que é equinócio de outono para o hemisfério que está indo do verão para o inverno e equinócio de primavera para o Hemisfério que está indo do inverno para o verão. 

     No solstício de verão no Hemisfério Sul, o sol estará "a pino" sobre o Trópico de Capricórnio, pois este se encontra exatamente a 23,5º da Linha do Equador e, portanto, receberá incidência direta da luz solar. Ou o contrário, quando for solstício de verão no Hemisfério Norte, o sol estará "a pino" sobre o Trópico de Câncer. No equinócio, o sol estará "a pino" sempre sobre as regiões localizadas próximas a linha do Equador.

     Nas regiões polares, o Círculo Polar Ártico delimita a região que não receberá sol durante o solstício de inverno no Hemisfério Norte. Da mesma forma que o Círculo Polar Antártico, delimita a região que não receberá sol durante o solstício de inverno no hemisfério sul.



Categoria: VOCÊ SABIA?
Escrito por profcleidson às 11h43
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

ESTAÇÕES DO ANO

     Todos nós sabemos que a Terra gira ao redor do Sol (movimento de translação) e gira ao redor de um eixo imaginário (movimento de rotação). Como durante a translação ao redor do Sol a Terra descreve uma trajetória elíptica, muitas pessoas acreditam que há uma grande variação na distância Terra-Sol, sugerindo que o verão possa ser ocasionado quando a Terra está mais perto do Sol (num ponto da órbita chamado periélio) e o inverno, quando a Terra está mais distante do Sol (num ponto da órbita chamado afélio). É fácil perceber que essa é uma idéia equivocada pelo menos por dois motivos:

 1º) Se as causas das estações fossem a maior ou menor distância entre a Terra e o Sol, deveria ocorrer a mesma estação em ambos os hemisférios terrestres. No entanto, quando é verão no hemisfério Norte é inverno no hemisfério Sul e vice-versa.

 2º) Se a Terra se aproximasse ou se afastasse muito do Sol, perceberíamos, aqui da Terra, uma mudança no tamanho do Sol no céu, o que não se vê a olho nu. Na realidade, a órbita elíptica da Terra ao redor do Sol é tão próxima de uma circunferência que a variação da distância Terra-Sol, embora exista, é insignificante em comparação à distância média Terra-Sol.

       Na verdade, as estações do ano é uma consequência da inclinação do eixo de rotação da Terra (66,5º com o plano da órbita da Terra).

       Geralmente as estações do ano são caracterizadas por alterações significativas no aspecto do céu estrelado e por mudanças climáticas que ocorrem nos hemisférios norte e sul da Terra, de forma periódica, no decorrer do ano.

      Cada estação dura aproximadamente três meses. Elas se repetem regular e ordenadamente: verão, outono, inverno e primavera. Quem, ao ler os nomes destas estações, não imagina muito calor no verão, folhas caindo no outono, muita roupa e frio no inverno e muitas flores apenas na primavera? Mas, observando a Terra ao longo do ano, verificamos que as variações climáticas descritas acima não são perceptíveis em todo o globo terrestre. Há regiões em que as estações não são bem definidas e possuem flores a maior parte do ano, por exemplo.

      As características climáticas da Terra estão muito mais associadas à própria estrutura do planeta, sua atmosfera, e as transformações que nele ocorrem do que a fatores astronômicos.

      Portanto, pela discussão acima, o conceito astronômico de estações do ano difere-se do conceito climático.

 

    Explicando as estações do ano

     Como o eixo de rotação da Terra está inclinado num ângulo menor que 90º em relação ao plano orbital, um dos hemisférios terrestre receberá mais diretamente a luz do Sol do que outro. Assim, será verão neste hemisfério e inverno no outro (Fig 1).

    

Figura 1  - Devido a variação na inciência da luz solar observa-se verão no hemisfério Sul e inverno no hemisfério Norte, (Fonte: Iniciação à Astronomia, Romildo Póvoa Faria).      

       Considere a Terra transladando ao redor Sol, mantendo se eixo sempre na mesma direção do espaço, e sempre com a mesma inclinação. Como a Terra completa uma volta em torno do Sol em um ano, a cada seis meses será um dos hemisférios, que receberá mais diretamente a luz solar, ocasionando o início do verão. No outro hemisfério terá início o inverno. Nas posições intermediárias, a luz solar atingirá em cheio o equador terrestre e os raios solares atingirão iguais latitudes do norte e do sul com a mesma inclinação. Será o início do outono e da primavera nessas ocasiões (Fig.2).

  

Figura 2- Variação na incidência da luz solar sobre a Terra durante sua translação ao redor do Sol. Esta figura é meramente ilustrativa, portanto não se apresenta em escala. (Fonte: Iniciação à Astronomia, Romildo Póvoa Faria.)

      Se a Terra girasse ao redor do Sol com o seu eixo exatamente na direção perpendicular ao plano da sua órbita, não haveria estações do ano, pois a luz solar atingiria igualmente os dois hemisférios terrestres em qualquer época do ano (Fig. 3).

   

Figura 3 - Mostra que se o eixo de rotação da Terra fosse perpendicular a sua órbita não haveria variação na incidência da luz solar nos hemisférios Norte e Sul (Fonte: Iniciação à astronomia, Romildo Póvoa Faria).

  

      Segue abaixo uma sugestão de experiência para o ensino fundamental que ilustra as estações do ano .

   

      As estações do ano decorrem da inclinação do eixo da Terra e do movimento de translação em torno do Sol. Isso poderá ser evidenciado nesta experiência.

Material necessário:

_bola de tênis de mesa

_massa de modelar

_caneta de retroprojetor

_vareta de madeira

_luminária de lâmpada incandescente

1. A bola representa a Terra. Peça a um adulto para atravessar o palito pela bola, de tal forma que o palito represente o eixo de rotação da Terra. Com a caneta, marque uma linha de pontos sobre a Terra para representar diferentes latitudes.

2. Finque a ponta do eixo na massa de modelar para que o eixo fique em pé. Incline o eixo de tal forma que haja um certo ângulo entre o eixo e a vertical. Esse ângulo representa a inclinação do eixo de rotação da Terra em relação à normal ao plano da eclíptica.

3. Acenda a lâmpada - que representa o Sol - e deixe o quarto escuro. O eixo deve estar inclinado como se o Sol estivesse "atraindo" o eixo. Rode uniformemente o eixo em torno de si mesmo. Os pontos devem entrar e sair da sombra, periodicamente. O que esse movimento representa? Quando um ponto está na sombra, o que significa? O que acontece no pólo Sul? Qual Hemisfério recebe mais radiação solar? A situação se refere a qual estação do ano no Hemisfério Sul?

4. Incline o eixo como se o Sol estivesse "repelindo" o eixo. Rode uniformemente o eixo em torno de si mesmo. O que acontece no pólo Norte? Qual Hemisfério recebe mais radiação solar? A situação se refere a qual estação do ano no Hemisfério Sul? 5. Deixe o eixo na vertical. Essa situação corresponde aos equinócios. Qual Hemisfério recebe mais radiação solar? A situação se refere a quais estações do ano?

3. O movimento representa a rotação da Terra. Quando um ponto está na sombra, significa que énoite no ponto. No pólo Sul, é noite o tempo todo; não há contraste entre dia e noite. O Hemisférioque recebe mais radiação solar é o Hemisfério Norte. No Hemisfério Sul, a situação correspondeao inverno (junho-julho-agosto).4. No pólo Norte, é noite o tempo todo; não há contraste entre dia e noite. O Hemisfério querecebe mais radiação solar é o Hemisfério Sul. No Hemisfério Sul, a situação corresponde aoverão (dezembro-janeiro-fevereiro).6. Ambos os Hemisférios recebem a mesma quantidade de radiação solar. A situação correspondeao outono e à primavera.

Fonte: http://redin.lec.ufrgs.br/index.php/EXPERI%C3%8ANCIAS_-_6._Radia%C3%A7%C3%A3o_Solar

     Para mais informações sobre o assunto visite a categoria Você sabia? e veja também em Outros sites o item Estações do ano.



Categoria: ATIVIDADES DE ENSINO
Escrito por profcleidson às 10h10
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

Atividade de Astronomia - RPG

     Este vídeo mostra algumas cenas do RPG (jogo-teatro). Essa foi uma das atividades desenvolvidas durante a Oficina de Astronomia ministrada para os alunos do Mestrado Profissional em Ciências Exatas da UFSCAR.

 



Categoria: ATIVIDADES DE ENSINO
Escrito por profcleidson às 09h28
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

Sistema Solar

Sugestão de vídeo



Categoria: ATIVIDADES DE ENSINO
Escrito por profcleidson às 11h33
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

Primeiro Contato

Como professor de Física e preocupado em desenvolver materiais que subsidiem professores e alunos do Ensino Básico, decici criar este Blog para disponibilizar algumas informações (textos, imagens e vídeos) e atividades sobre Astronomia.

O conteúdo deste Blog destina-se principalmente a professores e alunos do Ensino Fundamental.

Este blog é fruto de uma oficina de Astronomia que foi destinada aos alunos do Mestrado Profissional em Ensino de Ciências Exatas da UFSCAR e ministrada pelos professores Gustavo e Alexandra.



Categoria: APRESENTAÇÃO
Escrito por profcleidson às 10h57
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Histórico
Categorias
  Todas as Categorias
  APRESENTAÇÃO
  VOCÊ SABIA?
  ATIVIDADES DE ENSINO
Outros sites
  ANO INTERNACIONAL DA ASTRONOMIA 2009
  TELESCÓPIO HUBLE
  TELESCÓPIOS NA ESCOLA
  POR DENTRO DA CIÊNCIA
  NASA
  Estações do ano
Votação
  Dê uma nota para meu blog